terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O VIAJANTE DO TEMPO

       Viajar no tempo, antigamente, era algo que só existia em filmes de ficção científica. Hoje, viajar para o futuro já é possível: basta viajar a velocidade da luz ou chegar próximo a essa velocidade. Agora, em relação ao passado, precisaríamos de uma máquina do tempo, mas os cientistas não gostam muito dessa ideia de  viajar para o passado, pois seria algo muito perigoso para o próprio ser humano. Bem, nos parágrafos seguintes, vamos entender a razão.
       Quem teve a oportunidade de assistir o filme The Terminator (no Brasil, O Exterminador do Futuro/ em Portugal, O Exterminador Implacável), filme americano de 1984, dirigido por James Cameron, deve ter observado que um androide deixa o tempo atual para viajar para o passado para matar a mulher que será a mãe do homem que lidera os seres humanos na luta contra os androides.
       Se o homem viajar para o passado, a vida imitará a ficção; crimes podem ser cometidos no passado e, esses mesmos crimes, refletirão no presente. Por isso que viajar para o passado é uma ideia muito perigosa, pois não sabemos o que o viajante do tempo fará ao chegar lá.


       Queridos amigos leitores, parece que alguém já viajou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ressonância Harmônica.