sexta-feira, 22 de novembro de 2013

A MATEMÁTICA E O DINHEIRO

   Queridos amigos leitores, como vocês já perceberam a matemática e o dinheiro tem tudo haver, pois um está ligado ao outro. Agora imaginem viver em um país rico, e não ter poder aquisitivo para nada. Bem, eu confesso que é uma coisa bem difícil de entender, porque quando um país é rico, pelo menos a maioria da população tem uma qualidade boa de vida, mas um país ter dinheiro, e somente uma pequena parte da população que recebe privilégios! Meus leitores do mundo inteiro, esse país da qual eu estou a falar é o Brasil, um país rico, que pode pagar um bom salário, mas prefere dar esmola a maioria dos seus habitantes, para que dessa maneira, essa maioria fique refém de governantes e políticos corruptos.
   O governo brasileiro diz que está investindo em educação, mas que investimento é esse, onde as salas dos professores são sempre improvisadas; os banheiros são precários; as salas de aulas são mal adaptadas; e para resumir o professor não tem suporte algum.
   Então vocês imaginam, um aluno estudando matemática, que é uma disciplina que requer, além de atenção, muita concentração. Aprender matemática em uma sala de aula sem estrutura adequadas, professores despreparados, e alunos famintos, impossível! Tudo isso acontece em um país rico, que paga um salário, na qual podemos chamar de esmola, para que o povo não tenha acesso a educação de verdade, e possa reivindicar os seus direito como cidadão.
   Antigamente os alunos com algum tipo de deficiência, tinham que se adaptar à escola, se não fosse possível, o aluno teria de procurar uma escola que fosse capaz de atendê-lo. Hoje a escola é que tem que se adaptar aos alunos (inclusão), mas os professores não têm suporte para trabalhar com esses alunos, porque o governo não está investindo em educação.
   O povo brasileiro tem que lutar por um melhor poder aquisitivo para poder ter maior poder de compra, e consequentemente, a uma melhor educação. Se os alunos têm acesso a uma boa educação, esses alunos aprenderam matemática com mais facilidade, pois terão acesso a bons livros e a internet. 

Um comentário:

  1. Os alunos de famílias de maior poder aquisitivo têm melhor desempenho em matemática.

    ResponderExcluir

Ressonância Harmônica.