Você recebeu este e-mail porque autorizou o seu envio quando se cadastrou na Loja UFC.
Caso não consiga visualizar as imagens selecione "Sempre mostrar conteúdo" ou Acesse esse link.
Loja UFC Loja UFC Loja UFC
As ofertas anunciadas neste e-mail são válidas até 19/05/2017 ou enquanto durarem os estoques.
Caso não deseje mais receber nossos e-mails clique aqui

sábado, 28 de janeiro de 2017

A FORÇA-G

O que é a força-g? Bem, este é o principal objetivo deste artigo - para encontrar o significado de forças-g, especialmente para aqueles que têm pouca ou nenhuma ideia sobre as forças-g. Leia:
A força-g representa a força da gravidade num determinado corpo extraterrestre ou a força da aceleração em qualquer lugar. É medido em g's, onde 1 g é igual a força da gravidade na superfície da Terra, que é de 9,8 metros por segundo por segundo. Continuando com a explicação da força-g, a força-g sobre um objeto é sua aceleração em relação à queda livre. O objeto experimenta esta aceleração devido à soma vetorial de forças não-gravitacionais atuando por unidade da massa do objeto. Essas acelerações, também conhecidas como "acelerações apropriadas", não são o resultado da própria gravidade, devido às tensões e deformações em objetos, podem resultar forças-g suficientemente grandes que podem ser altamente destrutivas para objetos e organismos.
Hoje a análise e o estudo das forças-g é significativo em uma variedade de campos científicos e de engenharia, tais como ciência planetária, ciência de foguete e astrofísica. É igualmente importante nos campos de engenharia de várias máquinas, como carros de corrida, caças e grandes motores. A força-g pode variar em diferentes planetas ou corpos celestes. Um corpo com uma massa maior produzirá um campo gravitacional mais alto, resultando assim em maiores forças-g. Por exemplo, a força-g na Lua é de cerca de 1/6 g, e em Marte é cerca de 1/3 g. Um corpo é capaz de suportar 18 g constantes antes de que os pulmões se comprimam, a respiração se dificulte e os órgãos internos comecem a se rasgar. Mas as forças-g continuadas acima de cerca de 10 g podem levar a lesões permanentes e são mortais. Verificou-se que existe uma disparidade significativa entre os indivíduos quanto à tolerância à força-g. Por exemplo, os motoristas de carro de corrida sobreviveram acelerações instantâneas de até 214 g durante acidentes. Algumas experiências de trenó de foguetes são projetadas para examinar os efeitos da alta aceleração no corpo humano. Em 1954, o coronel John Stapp experimentou 46,2 por vários segundos. Geralmente, as acelerações além de 100 g são letais mesmo que momentâneas.
Antes de concluir a explicação da força-g, é essencial mencionar o Sistema Internacional de Unidades (SI) para a força-g, que é m / s².




sábado, 10 de dezembro de 2016

SERES DE OUTRO PLANETA NUNCA ESTIVERAM NA TERRA

Queridos amigos leitores, eu estou a observar que a mídia quer implantar na cabeça das pessoas que existem seres de outros planetas e esses seres estão a visitar o nosso planeta. Verdade ou mentira? Bem, eu confesso que durante a minha juventude eu acreditei que seres vindo de outros planetas estiveram aqui, mas, depois de muita pesquisa, descobri a verdade: há a possibilidade de existir vida extraterrestre, todavia, com certeza, eles nuca estiveram no nosso planeta.

O caso Roswell, na verdade, é mais uma mentira americana. Depois da 2ª Guerra Mundial, os Estados Unidos queria que a URSS (atual Rússia) pensasse que eles tinha tecnologia alienígena. Tudo mentira: primeiramente, falaram que era um disco voador; em seguida, falaram que era um balão meteorológico; tudo uma manobra para enganar os soviéticos e, consequentemente, o resto do mundo. A URSS, também, quis passar para o mundo que possuía tecnologia alienígena através de filmes. Era a Guerra Fria!

Todas as fotos de discos voadores são montagens ou qualquer outro objeto que, de longe, não pode ser identificado. E as pessoas que dizem que viram ou tiveram contatos imediatos de terceiro, quarto ou quinto graus, se observarmos bem, elas estão sempre com a mente perturbada, e o ser de outro planeta tem sempre a cabeça desproporcional ao corpo (cabeça grande) e os olhos grandes também. Influência dos filmes de Hollywood.

Outra coisa que implantaram na cabeça do povo, é que na antiguidade os homens não tinha inteligência nem criatividade para construir algo complexo, por exemplo, as pirâmides do Egito; para realizar as construções complexas, os habitantes do planeta Terra tiveram ajuda de seres de outro planeta, pois seres de outro planeta sempre foram mais inteligentes do que os habitantes da Terra! Na antiguidade o homem não tinha a tecnologia que temos hoje, tudo bem, mas a inteligência e a criatividade eram as mesma de hoje; diferente só as ferramentas.

Nenhum ser de outro planeta vai querer embarcar em uma viagem de 2 milhões de anos-luz ou mais para visitar o nosso planeta. Não existe velocidade maior que a da luz nem uma nave que consiga manter um ser vivo com velocidades extremas.


terça-feira, 23 de agosto de 2016

A LUA VERMELHA

       Queridos amigos leitores, eu começo esta postagem com uma pergunta: o homem foi à Lua? Hoje fica difícil alguém responder que sim, pois as pessoas tiveram tempo para pensar. Agora, as pessoas que acompanharam a ida do homem à Lua não tiveram, pois estavam muito emocionadas, então, acreditaram. Se alguém insiste em acreditar que o homem foi à Lua, tudo bem, pois ninguém é obrigado a acreditar que o homem não foi à Lua.
       Hoje, o homem diz que vai à Marte! Se o homem não conseguiu ir à Lua, como irá à Marte? Para quem não conhece o planeta Marte é só aceder o site:https://pt.wikipedia.org/wiki/Marte_(planeta). Bem, agora que todos conhecem Marte, teoricamente a falar, daremos continuidade a essa viagem fantástica ao planeta Marte . Milhares de pessoas se inscreveram para ir à Marte sem volta. Por que sem volta? Porque não dá para enganar essas pessoas que farão a viagem. https://youtu.be/XRCIzZHpFtY



     Há quatro mulheres astronautas (foto acima) que já estão escaladas para ir à Marte: http://www.glamour.com/story/nasa-women-astronauts-first-trip-to-mars. Eu sou cientista e, também, acho a exploração do espaço uma ótima iniciativa para obter conhecimento, mas prefiro obter esses conhecimentos a distância.
              Deus está em todo o Universo, mas se Ele escolheu a Terra para nós vivermos, é porque aqui é o melhor lugar, então, para que escolhermos outro lugar? Se temos problemas a solução não está em Marte, todavia, aqui, bem pertinho de nós.

sábado, 30 de julho de 2016

Eyes on the Skies (Full movie)



       Poder ver o Espaço sem sair da Terra, com certeza, é um conforto muito grande. Somente o telescópio para nos proporcionar essa sensação maravilhosa. Bem, passaram-se 400 anos: do primeiro telescópio até os mais avançados de hoje. Assista o vídeo acima e saiba mais!

terça-feira, 17 de maio de 2016

A CURVATURA DO ESPAÇO-TEMPO POR ADEMILSON ROSA

       Isaac Newton, matemático inglês, descobriu a Gravidade. A Gravidade é a força que atrai dos corpos um para o outro. Até aí, tudo bem. A mesma força que atrai a Lua para Terra, atrai a Terra para o Sol. Até aí, tudo bem. Mas que força estranha é essa? A Gravidade! Ok! Mas onde está essa força? Está no centro da Terra. Bem, se etá no centro da Terra, também está no centro Sol e da Lua. Complicado! Por que essa força está no centro da Terra? Nem o Isaac Newton sabia responder. Agora, não está nada bem!
       Essa teoria sobre a translação dos planetas, formulada por Isaac Newton, foi aceita até aparecer um gênio alemão, chamado Albert Einstein, onde mudou o conceito da translação dos planetas com sua Teoria da Relatividade que, na verdade, é um conjunto de duas teorias: a Relatividade Restrita (ou Especial) e a Relatividade Geral.
       O meu objetivo com essa postagem é explicar, de maneira bem clara, a curvatura do espaço-tempo que, na verdade, é a Gravidade. Einstein descobriu que o espaço não era vazio, mas sim, como um tecido, na qual podemos dobrar, torcer e curvar. A Terra curva o espaço e, ao curvar o espaço, atrai a Lua para ela, porque o espaço empurra a Lua para Terra, onde acontece a translação. A mesma coisa acontece com o Sol, pois ele curva o espaço mais do que todos os planetas, atraindo os planetas para ele, porque a sua massa é muito maior.
       Chama-se espaço-tempo, porque Einstein descobriu que o espaço e o tempo estão entrelaçados. Esse entrelaçamento faz o tempo e o espaço ser uma coisa só. Quando estamos em movimento, o tempo passa mais devagar para nós; mas quando estamos parado, o tempo passa mais de pressa.
       Quando um fruto cai da árvore, ele não é puxado para Terra, mas sim, empurrado pelo espaço para Terra.

                                                          A curvatura do espaço-tempo.
         


        

segunda-feira, 18 de abril de 2016

RACIOCÍNIO LÓGICO

Como estudar Raciocínio Lógico - Raciocínio Lógico - Apostila Grátis - Ok Concursos


     

       Quando falamos de Raciocínio Lógico, na verdade, estamos a falar de Matemática. Então, o que é o Raciocínio Lógico? É, simplesmente, pensar. Quando fazemos uma prova ou participamos de algum concurso, onde há Raciocínio Lógico, a única maneira de resolvermos, é pensar. Se vamos obter êxito ou não, seremos vencedores, pois paramos para pensar: exercitamos o nosso cérebro.
       Fazer um aluno pensar não é uma tarefa muito fácil para um professor, mas quando há uma atividade que envolva Raciocínio Lógico, o aluno se senti motivado a pensar e, certamente, esse parar para pensar dará bons resultados para o aluno no futuro.
       Se tu fizeres uma prova de Raciocínio Lógico e, nessa prova tu não tiveres um bom resultado, não se preocupe, pois na próxima, com certeza, o resultado será melhor do que na anterior.


terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O VIAJANTE DO TEMPO

       Viajar no tempo, antigamente, era algo que só existia em filmes de ficção científica. Hoje, viajar para o futuro já é possível: basta viajar a velocidade da luz ou chegar próximo a essa velocidade. Agora, em relação ao passado, precisaríamos de uma máquina do tempo, mas os cientistas não gostam muito dessa ideia de  viajar para o passado, pois seria algo muito perigoso para o próprio ser humano. Bem, nos parágrafos seguintes, vamos entender a razão.
       Quem teve a oportunidade de assistir o filme The Terminator (no Brasil, O Exterminador do Futuro/ em Portugal, O Exterminador Implacável), filme americano de 1984, dirigido por James Cameron, deve ter observado que um androide deixa o tempo atual para viajar para o passado para matar a mulher que será a mãe do homem que lidera os seres humanos na luta contra os androides.
       Se o homem viajar para o passado, a vida imitará a ficção; crimes podem ser cometidos no passado e, esses mesmos crimes, refletirão no presente. Por isso que viajar para o passado é uma ideia muito perigosa, pois não sabemos o que o viajante do tempo fará ao chegar lá.


       Queridos amigos leitores, parece que alguém já viajou.

A FORÇA-G