SUCESSO

terça-feira, 19 de janeiro de 2016

O VIAJANTE DO TEMPO

       Viajar no tempo, antigamente, era algo que só existia em filmes de ficção científica. Hoje, viajar para o futuro já é possível: basta viajar a velocidade da luz ou chegar próximo a essa velocidade. Agora, em relação ao passado, precisaríamos de uma máquina do tempo, mas os cientistas não gostam muito dessa ideia de  viajar para o passado, pois seria algo muito perigoso para o próprio ser humano. Bem, nos parágrafos seguintes, vamos entender a razão.
       Quem teve a oportunidade de assistir o filme The Terminator (no Brasil, O Exterminador do Futuro/ em Portugal, O Exterminador Implacável), filme americano de 1984, dirigido por James Cameron, deve ter observado que um androide deixa o tempo atual para viajar para o passado para matar a mulher que será a mãe do homem que lidera os seres humanos na luta contra os androides.
       Se o homem viajar para o passado, a vida imitará a ficção; crimes podem ser cometidos no passado e, esses mesmos crimes, refletirão no presente. Por isso que viajar para o passado é uma ideia muito perigosa, pois não sabemos o que o viajante do tempo fará ao chegar lá.


       Queridos amigos leitores, parece que alguém já viajou.

domingo, 27 de dezembro de 2015

O RIO DE JANEIRO NO SÉCULO 25

       O aquecimento global  faz parte de nossa vida, isso é facto, pois, com certeza, teremos que aprender a viver com ele, todavia o que muita gente não sabe, é que aquecimento global não é só calor, mas sim, extremos. Se nós não fizermos a nossa parte, e ficarmos a esperar que somente as autoridades façam alguma coisa, a tendência é piorar. Para que todos entendam a gravidade da coisa, vamos viajar no tempo para o Rio de Janeiro do século 25:

       O Rio de Janeiro, a cidade maravilhosa, é muito querido no mundo inteiro, pelas suas belas praias e belezas naturais. No verão, o Rio de Janeiro recebe turistas de toda parte do mundo.
       Chegamos ao Rio de Janeiro do século 25. Na cidade do Rio de Janeiro faz frio? Sim, faz frio. Na cidade do Rio de Janeiro cai neve? No século 25, sim.


       Na imagem acima, vemos a cidade do Rio de Janeiro no verão: praias vazias pessoas agasalhadas. Agora, observamos a imagem abaixo, onde mostra o inverno carioca no século 25.


Muita neve na cidade maravilhosa! Se o aquecimento global pode fazer essa bagunça no Rio de Janeiro, o que poderá fazer em outras partes do mundo?


      

domingo, 13 de dezembro de 2015

TUA MENTE PODE DESTRUIR!

       A tua mente, pode não parecer, é uma arma muito perigosa, pois através dela tu podes fazer coisas que tu julgavas impossível. A nossa mente está dividida em duas partes: consciente e subconsciente. O consciente é a razão; o subconsciente a emoção.
       O consciente, antes de aceitar algo, faz um certo julgamento para aprovar como verdade ou não. Então, o nosso consciente tem o poder de aceitar e rejeitar.
       O subconsciente funciona como uma pessoa que obedece tudo que o seu chefe manda, sem julgar se está certo ou errado, e o seu chefe é o consciente. O subconsciente aceita tudo como verdade, pois ele não tem capacidade de pensar.
       Se tu achares que Matemática é difícil, ela, a Matemática, será sempre difícil para ti. Tudo bem, que para mudar isso não é tão fácil, mas não é impossível. Tu podes usar o poder da tua mente a teu favor ou contra ti. Se tu tens uma doença e queres ficar curado dela, tu podes; se tu achas que pode ficar rico, tu ficarás; mas para que tudo o que tu desejas, tua mente possa de dar, com certeza, tu tens de acreditar que tu podes.
       Eu espero que através dessa postagem, os leitores do meu blogue usem o poder da mente para fazer o bem, porque essa mesma mente que pode ajudar, também, pode destruir.


sábado, 21 de novembro de 2015

O QUE É LIMITE DE UMA FUNÇÃO?

       Quando começamos a estudar limite de uma função, ficamos a pensar o que seria isso. Ao pegarmos o livro para a definição, ficamos confusos, pois o livro traz uma linguagem matemática, e nem todo mundo mundo está preparado para entender essa linguagem. Então, recorrer ao professor para sabermos a definição de limite, é única solução. Mas, às vezes, o professor não está preparado para dizer de uma maneira bem clara, na qual todos possam entender o que é limite. É por esta razão que eu criei este blogue: para que a Matemática esteja ao alcance de todos.
       Então, queridos amigos leitores, vamos definir o que é limite de uma função:

       Quando damos valores a variável independente, no caso x, a função (f(x) = y) começa a apresentar um certo comportamento, e esse comportamento que é o Limite.



      Eu espero ter esclarecido a dúvida sobre limite de uma função, mas se houver mais alguma coisa pendente, deixe um comentário e eu responderei.